Namoro uma evangélica

Não sei se a pergunta é digna de resposta, mas preciso de uma luz.

Tenho um sentimento de amor para com uma colega de trabalho há seis meses e ela é evangélica, não destas fanáticas, a muita coisa ela é contrária, porém diz que só namora quem for evangélico e tiver Deus no coração, e for ao culto domingo para cantar e exaltar a Deus com alegria.

Sou muito caseiro, mas, engraçado, sempre que saio encontro um evangélico me chamando para fazer parte do culto, ou até mesmo quando vou atender um cliente na fila este acaba sendo evangélico e vem pregar no meu caixa. Como não acredito em coincidências, ou isto é uma prova ou então eu estou no caminho errado e este é o caminho, porque se ela me pedir para me converter e batizar para namorar com ela, não sei o que acontecerá! Nunca tinham mexido com o meu coração, nunca namorei nem fiquei com ninguém, agora vejo que estou numa encruzilhada e tenho que escolher o caminho. Para onde vou? E se tudo que eu estudei está errado? Não sei de mais nada, só acho tudo muito estranho. Como que eu fui amar logo uma evangélica entre tantas outras pessoas? Se dizem que se você está no caminho, então a pessoa compatível com sua vibração vai aparecer... E agora?



O Racionalismo Cristão não ataca nenhuma religião, sistema político ou teorias diversas. Seu objetivo é esclarecer as pessoas interessadas sobre a sua origem astral, o por quê de estar neste planeta, e para onde ir após a desencarnação. Da Doutrina racionalista cristã emana a mais elevada moral, a consciência exata dos deveres a cumprir. Nessa Doutrina não há rezas, sacerdotes, ministros ou guias de qualquer espécie. Cada um é dono da sua consciência e dispõe de um livre-arbítrio para agir como bem entender. O Racionalismo Cristão mostra como é através do pensamento que nos submetemos às Leis Naturais que tudo rege no Universo. Demonstra o mecanismo da colheita após a semeadura, como colhemos o que plantamos.

O Racionalismo Cristão não está à procura de seguidores. Quer, isso sim, pessoas livres, estudiosas, interessadas em se esclarecer sobre as verdades da vida.

Quem conhece a História da Humanidade sabe como as religiões têm produzido fanáticos, que não sabem e nem querem pensar e raciocinar. Quantas guerras sangrentas foram, e ainda são, fomentadas em nome de um falso deus misericordioso!

O Racionalismo Cristão, como disse acima, quer seres livres, estudiosos, cumpridores dos seus deveres para consigo mesmo e para a sociedade. A pessoa evangélica a quem você se refere demonstra ser uma fanática, manipulada pelos seus "ministros" que cuidam de pensar por ela, dizendo e impondo o que ela tem de fazer. Essas pessoas que se dizem evangélicas não conhecem a história dos evangelhos, nem querem conhecer. Não sabem como eles foram muitas vezes alterados para satisfazer os interesses inconfessáveis de espertalhões. Querem apenas agradar a Deus, com rezas, peditórios, etc., como se Deus necessitasse dessas coisas.

Casar-se com uma pessoa que assim age é renunciar à administração do seu lar. Sempre haverá alguém de fora a lhe impor uma forma de vida, tolhendo a sua liberdade. Se é isso que você quer, tem o seu livre-arbítrio para assim decidir. Entretanto, achamos que você aspira ao conhecimento espiritual elevado, construtivo, esclarecedor sobre a razão da existência terrena.

Se você já conhece a Doutrina racionalista cristã, pode tentar um diálogo com ela explicando a Doutrina e convidando-a a assistir a uma sessão pública de Limpeza Psíquica. Se você não conhece essa Doutrina, sugerimos estudar nossas obras, principalmente o livro básico Racionalismo Cristão, que se encontra disponível gratuitamente (assim como muitas obras mais) nos sites do Racionalismo Cristão. 

De "Namoro uma evangélica" para a página "Família"

De "Namoro uma evangélica" para a página "Perguntas-Respostas"

Copyright©2005 racionalismo-cristao.org.br. All Rights Reserved