Contra o casamento

Tenho uma filha com 27 anos que namora um rapaz da mesma idade. Conheceram-se há dez anos atrás; foram colegas de colégio; estiveram afastados alguns anos. Agora, estando ele em condições de constituir família, reapareceu para assumir um compromisso sério.

Acontece que meu marido sempre foi contra o casamento das filhas, tendo a mais velha conseguido casar-se depois que escrevi ao senhor. Algum tempo depois, ele me disse: "Com essa você conseguiu me convencer porque eu estava desprevenido, mas com a outra não adianta, porque impedirei de qualquer maneira".

Não me atrevo a preveni-lo da visita do rapaz porque sei que ele me dará ordens severas de não permitir-lhe a entrada em nossa casa; receio também que deixando-o receber o pedido de surpresa a reação seja violenta e ele se revolte contra todos.

Infelizmente, não consigo que ele discuta os problemas de família de acordo comigo; só a vontade dele prevalece em tudo, porém, neste caso, não posso condescender, pois não vejo motivos para impedir o casamento, pois ela é moça ajuizada e o rapaz é digno e trabalhador.

Meu marido não freqüenta o Centro, leva-nos até a porta e espera do lado de fora.

Gostaria de receber um conselho que melhor me orientasse.


Caminho errado

Em resposta à sua carta de ..., cumpre-nos dizer que seu marido envereda pelo caminho errado. Como pai digno e zeloso pela felicidade das filhas, seria natural que ele impedisse uma filha de casar-se com um jovem desprovido de predicados para fazer feliz sua filha. Sendo, porém, trabalhador e honesto o pretendente à mão de sua filha, como pretende ele recusar o pretendente, mormente sendo a filha de maior idade?

A senhora deve ser sempre franca e leal para com seu marido e dizer-lhe o que pretendente quer, para que, de fato, não seja colhido de surpresa.

Os pais sensatos e amigos da família desejam sempre ver suas filhas casadas com homens amigos do trabalho e honestos. O que seu marido pensa e quer está fora de todas as leis. É mais honroso ele acolher o pretendente à mão da filha, realizar o casamento em paz e harmonia, do que ver sair do lar a filha para se casar sem a assistência paterna, pois a lei isso permite, uma vez que se trata de uma jovem de 27 anos.

Irradie, antes, por seu marido e palestre com ele cordialmente.

Lamentamos venha seu marido até a porta do Redentor, acompanhando esposa e filha, elas entram e ele fica do lado de fora. Isso atesta que ele vive dominado por maus elementos, que o poderão levar à obsessão total.

Desejamos que esse espírito desperte e se torne raciocinador, para pensar e agir com acerto, quer nas coisas materiais, quer nas espirituais.

 

De "Contra o Casamento" para a página "Família"

De "Contra o Casamento" para a página "Perguntas-Respostas"

Copyright©2005 racionalismo-cristao.org.br. All Rights Reserved